taboa-bar1Não sei exatamente o dia. Sei apenas que estava frio, muito frio, o bar já estava acontecendo. Os amigos juntinhos. O som de qualidade rolando. Mas nada que esquentava. Naquela época tinha muito mais o pessoal local nas ruas.

O turismo estava chegando bem devagar. Eu como sempre comerciante amiga. Querendo agradar a galera. Pensei. Vou misturar alguns destilados com guaraná em pó, canela, mel e algumas ervas. “Sempre gostei de tomar chá e tinha variedades e folhas secas em minha cozinha”. Para dar como tira gosto neste frio. E La fui eu para a minha mini cozinha. “Que na verdade era a cozinha do fundo da casa da minha avó” Dona Lair, e comecei a misturar, a por no fogo. E misturar e provar, nesta de misturar, da uma provinha pra um, outra pra outra, percebi que a galera gostava. E que estava esquentando a moçada. Fui prestando atenção e melhorando, trabalhando a bebida. No inverno ela era quente no verão ficou ótima geladinha. Nesta época chegaram os turistas e eles gostaram da Taboa,  pediam “coloca numa garrafinha vou levar para um amigo” e mais outra garrafinha e mais outra e assim foi.
Um dia alguém em Bonito falou o que será que essa mulher põe nesta bebida que todos bebem e ficam loucos. “ só esqueceram de ver a quantidade que eles bebiam” mas cidade pequena. Fofoca no ar. Achei melhor não me comprometer e nem comprometer o meu cliente. Daí resolvi mandar fazer uma análise e registrar a bebida. Para que não houvesse duvidas da procedência. E calar um pouco a boca dos que falam. Mas não participam. “ hoje eu agradeço a essa pessoa que fazia fofoca” Afinal graças as fofocas eu cresci. E tenho hoje a minha bebida reconhecida pelo MINISTÉRIO DA AGRICULTURA. Genial!!! Assim nasceu a TABOA INDUSTRIA E COMERCIO DE BEBIDAS LTDA.   (Andrea Fontoura – Proprietária e criadora do Taboa Bar)

LEAVE A REPLY